Scroll Top

Saúde Suplementos

Vitamina K – Benefícios para sua Saúde

Vitamina K – Benefícios para sua Saúde
Compartilhe com seus amigos!!!

A Vitamina K é essencial para o funcionamento de várias proteínas envolvidas na coagulação do sangue.

Existem duas formas desta vitamina que ocorrem naturalmente: A Vitamina K1 (filoquinona) que é sintetizada por plantas e a Vitamina K2 (menaquinonas) que é produzida numa quantidade inferior pelas bactérias no trato digestivo dos animais e que está principalmente presente em produtos lácteos.

Existe uma terceira forma, a K3 que é produzida em laboratórios, sendo esta, a utilizada na fabricação de suplementos e a melhor absorvida pelo nosso organismo.

Juntamente com o seu clássico papel a coagulação do sangue, já são conhecidos muitos benefícios potenciais da Vitamina K para a saúde.

Há cada vez mais provas científicas de que diferentes formas desta vitamina têm um impacto diferente e acentuado na redução do risco de desenvolver vários tipos de doenças.

Funções da Vitamina K para a saúde

A ingestão suficiente de Vitamina K é importante porque ajuda o organismo com respeito a:

• coágulo de sangue,
• manter a saúde óssea,
• manter os vasos sanguíneos em bom estado.

A Autoridade Europeia de Segurança Alimentar (EFSA), que faz o assessoramento científico para políticos responsáveis pela saúde, confirmou que foram demonstrados claros benefícios para a saúde a ingestão de Vitamina K na dieta porque contribui para a seguinte:

• Manutenção do osso normal;
• coagulação normal do sangue.

Plano Detox

Redução do risco de doenças pelo consumo de Vitamina K

Osteoporose

A Vitamina K é necessária para a utilização adequada de cálcio nos ossos. Ela tem sido associado uma maior ingestão de Vitamina K com o aumento da densidade óssea, embora tenha sido comprovado uma menor contribuição em pessoas idosas com osteoporose.

Existem evidências crescentes de que ela melhora a saúde do osso e reduz o risco de fraturas ósseas, especialmente em mulheres em pós-menopausa com risco de osteoporose.

Além disso, estudos de outros grupos, por exemplo, atletas, têm mostrado os benefícios de suplementos desta vitamina para os ossos.

Mais pesquisas são necessárias para esclarecer os benefícios na saúde óssea.

Aterosclerose

A acumulação de matéria gordurosa (placas de gordura) nas paredes dos vasos sanguíneos provoca aterosclerose.

A medida em que essa condição avança, é produzida a incorporação de cálcio (calcificação) em placas ateroscleróticas, o que leva a um detrimento da elasticidade dos vasos afetados e o aumento do risco de formação de coágulos no sangue, a causa de um típico ataque cardíaco ou derrame.

Um estudo da população realizado pelo Antropolab, descobriu que as mulheres pós-menopáusicas com calcificação dos vasos sanguíneos tiveram uma menor ingestão de Vitamina K que aqueles sem calcificações.

São necessários estudos adicionais para avaliar o potencial da Vitamina K, tal como um inibidor da calcificação dos vasos.

Hemorragias

Os bebês nascem sem as bactérias nos intestinos e não recebem suficiente Vitamina K do leite materno até que seu corpo seja capaz de produzir.

Portanto, em muitos países europeus e nos Estados Unidos, a Vitamina K prescrita para todos os recém-nascidos logo após o nascimento para evitar possíveis doença hemorrágica (especialmente no cérebro).

Recomendações para o consumo da Vitamina K

Enquanto algumas autoridades de saúde não definem um valor para a ingestão recomendada de Vitamina K, devido à falta de informação sobre a sua necessidade, outros na Alemanha, Áustria e Suíça, têm recomendado um consumo de 70 microgramas (mcg) ao dia para homens e 60 mcg por dia para mulheres.

Nos Estados Unidos, eles estabeleceram uma ingestão adequada de 120 microgramas (mcg) por dia para homens e 90 mcg / dia para mulheres.

Situação de consumo da Vitamina K

Na maioria dos países, a ingestão média estimada de Vitamina K satisfaz os valores recomendados.

Uma vez que está bem estabelecido que as crianças têm um risco de deficiência de Vitamina K, em muitos países, a administração para recém-nascidos profilaticamente faz parte da rotina.

A Vitamina K ajuda a prevenir o câncer

Um certo número de estudos demonstraram que as vitaminas K1 e K2 são eficazes contra o câncer.

Considere o seguinte:

Um estudo publicado em Setembro de 2003 no International Journal of Oncology, descobriru que o tratamento de pacientes com câncer de pulmão com Vitamina K2 retardou o crescimento das células cancerosas, e estudos anteriores mostraram benefícios no tratamento de leucemia.

Em um estudo publicado em agosto de 2003 em Medicina Alternativa Review 2 envolvendo 30 pacientes com um tipo de câncer de fígado chamado carcinoma hepatocelular, tomaram a Vitamina K1 oral, a doença foi estabilizada em seis pacientes; sete doentes tiveram uma resposta parcial; e sete melhoraram a sua função hepática. Em 15 pacientes, conseguiram uma protrombina normalizada.

Em 2008, um grupo de pesquisadores Alemães descobriram que a Vitamina K2 fornece proteção substancial contra o câncer de próstata, um dos tipos mais comuns de câncer entre os homens nos Estados Unidos e Brasil.

De acordo com vários médicos, homens que tomam a maior quantidade de K2 tinha cerca de 50 por cento menos do câncer de próstata.

Além disso, foi encontrado que a Vitamina K é benéfica para combater o linfoma no Hodgkin via oral, câncer do cólon, estômago e nasofaringe.

Alimentos fontes de vitamina K2

Os alimentos fermentados, tais como yogurtes, têm tipicamente a mais elevada concentração desta vitamina na dieta humana e pode fornecer vários miligramas de Vitamina K2 diária. Este nível é muito maior do que a quantidade encontrada em vegetais verdes escuros.

Infelizmente, a maioria das pessoas na América não comem muitos alimentos fermentados.

Adicionar alimentos tradicionalmente fermentados para a sua dieta é uma necessidade, e embora não seja amplamente conhecido, os benefícios de saúde destes alimentos são enormes.

Os valores exatos de K2 nos alimentos são difíceis de encontrar. No entanto, encontramos uma estimativa. Outros alimentos ricos em K2 incluem produtos láteos não pasteurizados, como queijos duros e macios, manteiga crua, kefir e chucrute.

Por favor, entenda que o conteúdo do K2 de produtos lácteos não pasteurizados de operações concentradas de alimentação animal, que compõem a maioria das fontes comerciais, não têm K2 e devem ser evitados. Apenas os animais alimentados com pastagens (grãos sem alimentação) irão produzir altos níveis de naturalmente K2.

Recomendações

O Recommended Dietary Allowance (RDA) de vitaminas informa o quanto de cada vitamina deve ser consumido pela maioria das pessoas todos os dias.

A RDA para vitaminas pode ser utilizado como um objetivo pessoal para cada pessoa.

A quantidade de cada vitamina que você precisa depende de sua idade e sexo.

Outros fatores, tais como a gravidez, lactação e doença também pode aumentar a quantidade necessária.

Continue acompanhando nossas postagens e compartilhando com seus amigos a nossa fanpage, queremos muito fazer parte das mudanças positivas da sua vida!

Até a próxima!

Produtos recomendados:
Método Emagreça com o Doutor Rocha
Método Emagrecer de Vez
Programa Diabetes Controlada com Dr. Rocha
Programa de Emagrecimento Corpo D21
Treino Feminino Pro
Dieta Detox – Semana Detox

Quer receber Grátis o primeiro capítulo do ebook Emagrecer de Vez em seu e-mail?
Clique na imagem abaixo!


Primeiro Capítulo grátis do Emagrecer de Vez

Compartilhe com seus amigos!!!
Emagreça com o Dr. Rocha